terça-feira, 18 de maio de 2010

Presidenciáveis

Aiai, 2010, ano de eleição, consequentemente de copa.
E esse ano a coisa tá feia, não só porque os candidatos são mais feios que o cão chupando manga azeda, mas porque não dá pra confiar em ninguém.
Vejamos a Dilma. A mulher mais parece madrastra malvada de contos de fada, com aquela carinha dissimulada dá medo. Se eu fosse uma criancinha inocente iria chorar toda vez que visse ela na TV. Mesmo depois de dar um jeito no visual (já repararam que essas mulheres que entram para a mídia dão uma ajeitada legal no cara e nas roupas, se são horrorosas, ficam no máximo feinhas), ela ainda assusta. Não confio nela, não consigo confiar, principalmente depois que a vi desfilando com o Palocci. Acha bonitinho dizer que foi presa e torturada, ela não foi a primeira nem a última. Lembro de um candidato a vereador certa vez que se vangloriava de ser HIV positivo pra todo mundo ter pena dele e votar e nas eleições seguintes ele voltou com o discurso bem diferente: que já foi soropositivo, que já foi gay, que já foi da pá virada, mas que a igreja o curou, o fez formar família e etc e tal... e o cara era professor de biologia (meu ex-professor por sinal)! Pra mim esse discursinho de "pelo amor de Deus tenham pena de mim e votem em mim" não cola.

E o Serra então? O cara mais parece um zero a esquerda. Mas por falta de coisa melhor, é o menos ruim que está tendo. Apesar que acho que infelizmente esse cara não dará conta de nada, mas ele é um fortíssimo candidato.

E ainda tem a pobre Marina Silva. Está só pra fazer volume nessas eleições. Dos três é a melhor opção. Não estou dizendo isso por causa da sua origem humilde (um jeitinho bonitinho de dizer que ela nasceu pobre mesmo), mas porque parece ser a mais autêntica e verdadeira dos três, uma pessoa de princípios e defende esses princípios desde sempre e com certeza até a morte. Mas o que está contra ela é força política, ela sempre foi na dela, nunca se aliou a essa bandinha podre, porém famosa, da política. Não sei se ela teria estrutura pra ser presidente, mas as pessoas surpreendem a gente.

O maior problema do brasileiro é a memória curta... e a falta de patriotismo. Brasileiro só lembra que é brasileiro na época de copa do mundo, mas isso é assunto pra outro post. Por hora só peço a todos que lembrem do velho ditado: Dilmas com quem andas e te Dirceu quem és!


Momento revolta da Ninja: Não votei no cara e nem vou votar na coroa!

Um comentário:

Century Child disse...

É realmente o trem tá feio pro nosso lado. Três candidatos a lula sem o menos talento para a coisa. O Serra ainda iventou o tal dos genéricos, que depois de cair na malandragem virou coisa de pobre. A Dilma tomou umas pauladas dos militares, acho que isso afetou os neuronios dela, pq chegou ao cumulo de se comparar com nelson mandela. A marina quer um brasil cheiroso, pensando nisso aliou-se ao proprietário da natura, agoras as amigas dela de simples consultoras vão virar acionistas.
isso sem contar a malaiada que ainda vai se candidatar a camara dos deputados e ao senado. Diante desse quadro o que me resta é ouvir o hino nacional enquanto, sobre o vaso sanitário, reflito sobre a origem de minha própria existência.