quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Quarta-feira

Hoje tô com preguiça, admito. Quarta-feira, meio da semana, as energias que não começam nada boas na segunda começam a decair pra se extinguirem na sexta. Mas nota-se que essa falta de energia só se aplica ao trabalho. Tenho certeza que se estivesse em uma praia paradisíaca do Caribe ou uma pousadinha no interior de Minas, estaria pronta pra agitar o dia inteiro (nota: agitar em locais como esse quer dizer dormir a manhã inteira, almoçar do bom e do melhor, fazer uma trilha ou dar uma "nadada" a tarde, depois da sesta, dormir mais um pouquim pra curtir a noitada, para alguns, dar uma pescada, azarar alguém caso esteja sozinho, ou se não estiver também, né hehe).
A quarta-feira é um caso sério. Para os pessimistas a semana ainda está no começo e para os otimistas já está quase acabando. É aquela coisinha, aquele diazinho chato entre a segunda e a sexta, não fede nem cheira, faz com que a terça e a quinta sejam apenas um detalhe no calendário. Quarta é dia de futebol na Globo. Não que eu goste, por mim, a Globo nem existia. Costumava ter filme legal na Record, agora é na quinta (amanhã tem O Filho de Chuck, ótimo filme sobre os valores da família e o amor entre pais e filhos).
A quarta-feira era chamada, pelos romanos, de "dies Mercurii" em homenagem a Mercúrio, deus grego da velocidade e mensageiro dos deuses, ou seja, quando chega a quarta, o resto da semana chega rapidinho. Pelo menos o "dies veneris" (dia de Vênus - deusa do amor) - a tão amada sexta-feira - chega mais rápido.
Ah, e outra, quarta-feira ainda está bem longe da próxima segunda...

Um comentário:

Melzinho Mendes disse...

Menina, a sua sorte é que vc não estuda ainda, pq quarta feira eu tenho aula de anatomia, ninguem merece!
E nao como ninguem né!